Um período de 4 anos.

Não podemos deixar de agradecer ao professor Jorge Lima o testemunho aqui deixado sobre um período da vida deste estabelecimento escolar. Nunca será demais apreciar aquilo que foi o contributo para a escola e agora para a sua memória. Que seja exemplo daquilo que todos podemos fazer para a preservação de uma já longa história. Obrigado, mais uma vez, ao professor Jorge Lima pela cortesia e riqueza do legado.

ENQUADRAMENTO:

1.      A equipa do Conselho Diretivo tomou posse em julho de 1990 e, com o mesmo presidente, exerceu funções até janeiro de 1994 (mandatos de dois anos, renovação de mandato em julho de 1992);

2.       A Escola Secundária Dr. Serafim Leite, a maior escola da cidade, atravessava um período crítico de intensa pressão, interna e externa, a dois níveis:

– a procura dos cursos de ensino secundário diurno, de prosseguimento de estudos e profissionais, era extrema, pelo nem sequer era possível acolher, mesmo com um esforço assinalável, mais de 30% dos alunos que se tentavam inscrever na escola (com uma pressão permanente e “absurda” dos encarregados de educação). A par com o facto de ser a maior escola de ensino geral e secundário noturno entre Porto e Coimbra, com uma população escolar noturna a ultrapassar os 1.000 alunos, em anos sucessivos;

– por outro lado, fruto desta procura intensíssima, e de um horário de trabalho contínuo que se estendia desde as 7:30h até às 00:30h, as instalações encontravam-se globalmente em rotura, de desgaste ou de insuficiência de espaço disponível, a todos os níveis.  

REDE ARTICULADA:

1.      O Conselho Diretivo gizou um plano ambicioso de prestação de um serviço de qualidade pedagógica a todos os que procuravam a escola, e estabeleceu uma rede de aliados/ parceiros, absolutamente cientes da responsabilidade educativa e social que recaia sobre a escola no seu todo;

2.      Num prazo muito curto, cerca de meio ano, foi possível envolver estruturadamente no projeto a Direção Regional de Educação do Norte, o Getap – Gabinete do Ensino Técnico Artístico e Profissional (com sede no Porto), a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia. E, numa fase seguinte, de outros seis meses, a Secretaria de Estado do Ensino Básico e Secundário e o Ministro da Educação.

AÇÕES FÍSICAS REALIZADAS:

(qualquer uma delas impossíveis de executar sem a rede de aliados/ parceiros)

1.      Reconstrução/ recuperação da vedação exterior de todo o perímetro escolar, construção de guarita de porteiro e do portão principal de acesso automático;

2.      Remodelação de todos os blocos de WC´s, de todos os blocos e pisos da escola;

3.      Renovação do piso do Ginásio, da Cantina, da Sala de Professores e da Biblioteca;

4.      Substituição da caldeira e de todos os sistemas de abastecimento de água da cozinha da cantina, e dos dois balneários do ginásio;

5.      Aumento do número de salas no segundo piso do bloco principal, mais cinco salas novas (incluindo o escritório de serviços em sala dupla);

6.      Recuperação do espaço da cave do bloco principal, com a criação de 3 salas novas e 1 gabinete;

7.      Aquisição de mobiliário e sistemas informáticos e de cópias para os gabinetes do conselho diretivo e dos serviços administrativos;

8.      Reconstrução/ recuperação do espaço e mobiliário da reprografia, e aquisição e instalação de novos equipamentos de cópias;

9.      Desmantelamento da oficina de mecânica e criação de raiz da ampla oficina de artes, com obras de adaptação, salas e gabinetes novos;

10.   Ampliação, por construção nova, do bloco oficinal, com a construção da ampliação correspondente às oficinas e gabinetes de eletrónica;

11.   Reparação global do telhado do bloco oficinal e do bloco do ginásio/cantina;

12.   Aquisição e instalação de todo o equipamento global, nomeadamente mobiliário e quadros de aula, e incluindo a infraestrutura informática e electrónica, de todos os espaços criados, reconvertidos e construídos;

13.   Aquisição e instalação da primeira rede informática estruturada da escola, com ligação a todos os espaços físicos (a primeira escola do norte do país a concretizar este tipo de projeto).    

VISITAS/ Reuniões de Trabalho:

A estratégia definida implicava que os parceiros da escola comungassem dos seus objetivos, e conhecessem também, muito bem, o espaço da mesma e as insuficiências a superar.

As visitas e reuniões de trabalho com os Presidente da Câmara e da Junta de Freguesia tornaram-se habituais.

As visitas e reuniões de trabalho com a Diretora Adjunta da Direção Regional de Educação do Norte e com o Diretor do GETAP, tornaram-se cíclicas, e em momentos críticos eram semanais;

A visita do Gestor Nacional do Programa PEDIP – Programa Específico de Desenvolvimento da Indústria Portuguesa, e respetiva reunião de trabalho, com a presença do Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário e do Diretor do GETAP, permitiram financiar de forma vultuosa a aquisição de equipamentos de que a escola necessitava para todas as áreas intervencionadas da componente técnica.

A visita do Ministro da Educação, acompanhado pelo Secretário de Estado do EBS, pela Diretora Adjunta da DREN, pelo Diretor do GETAP, pelo Vice-Presidente da Câmara e pelo Governador Civil, e a reunião de trabalho nas instalações das oficinas, permitiu ampliar as oficinas, obra nova, permitiu a autorização para o desmantelamento da oficina de mecânica e instalação/ construção da oficina de artes, e o financiamento de toda a operação de aquisição de equipamentos e serviços para os espaços intervencionados.

*nota: – no decurso do mesmo período de tempo decorreram inúmeras acções pedagógicas e cívicas, nomeadamente neste último âmbito em termos de protecção civil, no caso com a dinamização do Segundo Comandante e do Adjunto do Comando dos Bombeiros Voluntários de S. João da Madeira.

Jorge Lima

visita do Ministro da Educação, Eng. Roberto Carneiro, acompanhado pelo Secretário de Estado do EBS, pela Diretora Adjunta da DREN, pelo Diretor do GETAP, pelo Vice-Presidente da Câmara e pelo Governador Civil
ação da proteção civil

1 thought on “Um período de 4 anos.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *