Regulamento interno 1973-74

Não podemos deixar de agradecer aos ex alunos da escola industrial, José António Martins e Carlos Renato Santos pela cedência e digitalização do regulamento e texto alusivo.

“Os regulamentos são autênticos tesouros.

Os alunos não podiam entrar pela porta principal. Só pela porta do lado nascente e só podiam usar as escadas desse lado, dando cortesia às meninas. As escadas do lado poente eram destinadas exclusivamente a professores e pessoal auxiliar. No entanto, os professores e o pessoal auxiliar também podiam usar as escdas do lado nascente.

Nas “normas a seguir pelos alunos”,podemos encontrar a divisão dos recreios: rapazes, raparigas e desporto.

Certo dia, estamos nós rapazes no recreio da meninas (1972 ou 1973). O sr. Gaspar (que já não está entre nós), chefe dos contínuos, desata a pedir números a todos para participar ao diretor o facto de estarmos no recreio das meninas.

Como nós eramos a “malta do teatro” (e portanto com privilégios junto do diretor!), fomos a correr ter com o diretor que encontramos no hall principal. Eis a conversa:

– Boa tarde sr. diretor. Nós estávamos no recreio das meninas a conviver. O sr. Gaspar tirou o número a todos. Diga-nos lá: é obrigatório cada um estar no seu recreio?

Resposta do diretor: Na nossa escola temos um recreio para rapazes envergonhados e um recreio para raparigas envergonhadas. Quem não é envergonhado convive saudavelmente.

Muito obrigado sr. diretor!!”

para cotejo, veja-se no link o regulamento atual: http://essl.pt/index.php/agrupamento/documentos-estruturantes/regulamento-interno

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *